às 20:14:00

Outubro Rosa: FASAITABUNA debate o autocuidado como prevenção para o câncer de mama

O evento contou com a presença do médico oncologista Dr. Eduardo Kowalski

A Faculdade Santo Agostinho de Itabuna, realizou nesta quarta-feira (14), sua segunda webinar com a temática do Outubro Rosa. O evento aconteceu por meio da plataforma digital Zoom e contou com a presença do médico oncologista Dr. Eduardo Kowalski.
"Outubro Rosa - A importância de realizar o autoexame. Como realizá-lo? O que é câncer de mama?", foi o tema de discussão do evento.

Os participantes e o convidado do evento, foram recebidos com um discurso da Professora Mércia Margotto, Coordenadora do Curso de Medicina da unidade, e falou sobre a honra de contar com a presença do Professor e Doutor Eduardo Kowalski. 
Em seguida, Dr. Eduardo agradeceu pela oportunidade e iniciou sua fala dizendo da importância de Itabuna no tratamento efetivo contra o câncer de mama "Realizamos radioterapia, quimioterapia, cirurgia de alta e média complexidade. Itabuna tem um grande destaque na parte de oncologia." - disse Kowalski.
No primeiro momento, o Oncologista fez uma exposição do histórico de surgimento dos tratamentos contra o câncer e as suas primeiras aplicabilidades. Segundo Dr. Eduardo, o tratamento do Câncer de Mama é formado por três pilares: Cirurgia, radioterapia e quimioterapia, em sua ordem de surgimento.
Logo em diante, Dr. Kowalski, enfatizou que a cura do câncer é possível, mas que depende diretamente da detecção precoce. "O Câncer é a segunda maior causa de morte do mundo. E o pior não é o diagnóstico do câncer, mas sim o estigma dessa doença, que afeta não só a pessoa enferma, mas todo o seu convívio, que pode desencadear transtornos, problemas familiares. Por isso que os profissionais que tratam o câncer tem que ser disciplinar, nós não conseguimos curar essa doença apenas com os medicamentos." - alertou Dr. Eduardo.
60 mil novos casos de câncer de mama são detectados no Brasil a cada ano, 20% dessas pessoas irão falecer por causa do c.a, ou seja, em torno de 15 a 20 mil mulheres vem a óbito no Brasil por causa do câncer de mama, justamente devido a descoberta tardia da doença. "Por isso vocês que vão entrar na área tem que priorizar e ajudar ao diagnóstico precoce." enfatizou Dr. Eduardo.
Após a exposição do tema, foi aberto um espaço para que os participantes fizessem perguntas para o Dr. Kowalski, na oportunidade, foi perguntado sobre a importância da campanha do Outubro rosa. "A disseminação do Outubro Rosa é muito importante, até mesmo para ajudar as mulheres a lidarem com essa doença. Hoje, a gente já consegue ver mulheres que não têm mais vergonha do câncer, temos apresentadoras que falam do seu tratamento e falam com orgulho." respondeu Dr. Eduardo.
O próximo evento do Outubro Rosa, será a terceira webinar com o tema: " Outubro Rosa e os cuidados pós-diagnóstico do câncer de mama." A palestra será no dia 21 de outubro, as 19 horas, por meio da plataforma Zoom com o enfermeiro oncológico Alexandre Melo.


Fonte: