às 08:59:00

FASA ITABUNA REALIZA 1ª EDIÇÃO DA SECON

A I Semana do Conhecimento (SECON-FASAI) foi marcado por trabalhos científicos

A Faculdade Santo Agostinho de Itabuna realizou entre os dias 16 a 18 de novembro, a I Semana do Conhecimento (SECON-FASAI) com minicursos e apresentação de trabalhos científicos, associando três grandes eventos orquestrados pela FASAI, sendo eles o I Encontro de Integração Ensino, Serviço e Comunidade; III Encontro de Iniciação Cientifica; e IV Seminário De Farmacologia, tendo como objetivo sedimentar e aplicar os conhecimentos adquiridos no programa de Iniciação Científica Voluntária (PIVIC), e nas atividades vinculadas a disciplina de Integração Ensino, Serviço e Comunidade (IESC) e Métodos de Estudo e Pesquisa (MEP). 

A I Semana do Conhecimento (SECON-FASAI) recebeu inscrições de acadêmicos e do corpo docente da unidade, bem como de outras instituições de ensino superior (IES) e de profissionais da área. O evento ocorreu em duas etapas, a saber: submissão de trabalho científico, nas modalidades de resumo simples ou resumo expandido, relativo a pesquisas concluídas e/ou em andamento, nos termos definidos no presente Edital e apresentação dos trabalhos científicos aprovados na primeira etapa, na modalidade de pôster, de acordo com as regras do Edital.

Para o professor Pedro Campos, que faz parte da comissão organizadora da SECON, a feira é um elo entre a pesquisa e a extensão. "Ela faz a unificação entre pesquisa e extensão dentro da instituição. Então, todos os trabalhos dos nossos alunos voltados para pesquisa e extensão estão concentrados primordialmente na SECON, associados em suas vivências como: o que eles conseguiram construir neste período?; Como enxergam a ciência? E a percepção extensionista com o relato de caso", disse. 

Ainda na ocasião, a professora Luciana Rangel, que ministra a disciplina de Integração Ensino, Serviço e Comunidade (IESC) e também integrante da comissão organizadora, reforça a importância da feira que estimulou a produção científica e o debate sobre ações extensionistas. "Para o componente curricular de Integração Ensino, Serviço e Comunidade (IESC), o evento colocou em evidência as práticas de saúde sob várias perspectivas, ao promover momento de diálogo com vários atores sociais envolvidos no processo. Ações estas voltadas a partir das demandas da sociedade na qual estamos inseridos, trazendo aos discentes a sua participação na realidade local, com comprometimento desde a sua formação, a partir das ações integradas mostradas nos trabalhos expostos/apresentados no evento. Para a próxima edição, teremos uma programação ainda maior, no sentido de ampliar a discussão e a geração de conhecimento na área de saúde", ressaltou. 

Para Thaís, acadêmica do 2º período, destacou o momento repleto de emoções. "Estou muito feliz e realizada, porque eu sempre me dedico nas metas que eu estabeleço, e sou suspeita a falar sobre trabalhos científicos, que eu gosto muito, inclusive o meu trabalho que teve como tema 'Síndrome de Bournot em profissionais de saúde: prevalência e fatores de risco associados' foi aprovado do qual é fruto de uma pesquisa juntamente com uma amiga psicóloga que percebemos o desânimo e exaustão do colegas de trabalho”. E completou: “ Espero que tenhamos mais trabalhos aprovados e premiados. A persistência é o caminho do êxito". 


Fonte: